Prefeitura Municipal de Itajaí

24/07/2017

Obras da Bacia de Evolução em ritmo acelerado.

Oficialmente 52% das obras estão adiantadas e Marinha do Brasil autoriza a substituição de faroletes por bóias luminosas de sinalização.

Obras da Bacia de Evolução em ritmo acelerado.

Oficialmente 52% das obras estão adiantadas e Marinha do Brasil autoriza a substituição de faroletes por bóias luminosas de sinalização.

Acompanhando o cronograma quinzenal de vistorias nas obras dos novos acessos aquaviários do Complexo Portuário de Itajaí, denominada por “Bacia de Evolução”, pode-se notar presencialmente diferenças no canteiro de obras. Aos poucos, diariamente, as obras vão tomando novas formações em sua geografia local.

Atualmente no molhe norte, do lado de Navegantes, equipes de trabalho estão em grande escala, removendo pedras para modelar e construir o molhe do cabeço. As pedras que estão sendo retiradas estão sendo deslocadas para uma área afastada no próprio canteiro e que posteriormente serão reutilizadas para construir o novo molhe e estruturar o molhe da Marina. Todos os guias correntes localizados nos molhes transversais já foram retirados e suas pedras foram depositadas em um “bota fora”, localizado no Bairro Pedreiras em Navegantes.

Recentemente a Superintendência do Porto de Itajaí, através de sua Gerência de Projetos recebeu uma noticia que vinha sendo aguardada por muito tempo. Com o objetivo de colaborar com o andamento das obras da Bacia de Evolução, principalmente em prol da segurança da navegação e que priorizam o “Projeto de Sinalização Náutica do Complexo Portuário de Itajaí”, foi encaminhado pela Marinha do Brasil, via oficio emitido pela Delegacia da Capitania dos Portos em Itajaí, o documento que autoriza e aprova provisoriamente a sinalização náutica que viabiliza a continuidade das obras.

“Recebemos da Autoridade Marítima a autorização provisória pela sinalização náutica existente, em que quatro faroletes serão substituídos por bóias luminosas de sinalização. O objetivo é dar sequência frente às obras neste segundo semestre e paralelo a isto o Porto de Itajaí está estudando e projetando uma sinalização náutica definitiva para o futuro canal de acesso com um olhe deslocado e Bacia de Evolução de 530 metros de diâmetro”, destacou o Diretor Técnico da Superintendência do Porto de Itajaí, André Pimentel.

As obras são constantemente supervisionadas pela Superintendência do Porto de Itajaí. Diretores das Gerências de Meio Ambiente e Engenharia, realizam visitas periódicas no canteiro de obras onde encontros são realizados quinzenalmente com a participação de membros das equipes de serviço das empresas contratadas pela execução (TRIUNFO Engenharia) e fiscalização (PROSUL), ao qual cumprem diversas etapas de serviços nas obras de Reestruturação do Canal de Acesso Aquaviário do Complexo Portuário de Itajaí.

“A obra da Bacia de Evolução é uma obra de infraestrutura de grande porte. Ela impacta em diversos segmentos e entre eles no próprio canal de navegação quanto a sua sinalização. São exigências internacionais de navegação que temos que cumprir. Os faróis que ainda hoje se encontram no canal são da década de 1960 e com o tempo tornaram-se obsoletos em qualidade e funcionalidade. Estamos projetando até o final da obra, estudos e treinos para as equipes de Praticagem em conjunto com a Delegacia da Capitania dos Portos para que seja implantado em definitivo um novo sistema de sinalização. Tudo isso com o objetivo principal de nos adequarmos para receber navios de grande porte”,reforçou o Superintendente do Porto de Itajaí, Eng. Marcelo Werner Salles.

O efetivo diário conta com o revezamento de 65 trabalhadores que dispõem de maquinários pesados para esta modalidade de serviço como: guindastes (02), retroescavadeiras de braço longo 22 metros (04), caminhões basculantes e pipa (04), draga de sucção e recalque tipo CUTTER (01), draga de capacidade de carga e bombeamento tipo HOPPER, Flutuantes/balsa (02).

DIMENSÕES DA OBRA:

Investimentos aproximados na ordem de R$ 105 milhões pelo Governo do Estado via Secretaria de Estado da Infraestrutura (SIE);

Concluídas as obras (Etapas 01 e 02), o Complexo Portuário de Itajaí poderá operar com navios de até 366 metros de comprimentos e 51 metros de boca (largura);

Para o giro de manobra dos navios, sua capacidade é de 530 metros de diâmetro e profundidade de 13 metros;

O prazo para conclusão das obras está estipulado para abril de 2018;

O volume estimado de pedras a ser removido é de 463.140,39 metros cúbicos (sujeito a alteração);

Com a realocação do molhe norte, possibilitará que o canal de acesso fique com a largura de 170 metros no canal de acesso.

Fotos: Luciano Sens

  • Enviar para amigo
  • Imprimir
  • Link:

Enviar notícia para amigo






Rua Blumenau, 05 | CEP 88.305-101 | Centro | Itajaí | Santa Catarina | Brasil
Telefone: [+55] 47 3341 8000